< Voltar

Artigos

Com fios e cabos elétricos a segurança é primordial

Os fios e cabos existentes em um imóvel devem ser de boa qualidade e certificados por órgãos competentes, mas, infelizmente, a situação não é bem assim.

Como os condutores elétricos ficam dentro das paredes, isto é, ficam invisíveis aos olhos de todos, as pessoas acabam não dando a eles, a sua devida importância e pecam no momento da compra.

É importante ter em mente que economizar no momento de comprar fios e cabos, não deve ser nem cogitado, pois, a aquisição de produtos que possuem qualidade duvidosa, compromete não só o funcionamento dos equipamentos como também colocam a sua segurança e de sua família em risco.

Curtos-circuitos, superaquecimentos, incêndios e mortes são, muitas vezes, causados por fios e cabos de má qualidade, por esse motivo é fundamental seguir as regras antes de adquirir um componente elétrico.

Invista somente em produtos de empresas confiáveis, que passaram por um controle de qualidade, que estão de acordo com as normas técnicas da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) e que possuem certificação do Inmetro.

Lembre-se também que, de nada adianta ter os melhores fios e cabos elétricos se eles não forem dimensionados corretamente. Neste caso, a contratação de um profissional habilitado e qualificado como um engenheiro eletricista, por exemplo, é imprescindível para que tanto o projeto elétrico do imóvel quanto o seu dimensionamento, sejam feitos da maneira correta.

Uma ajuda extra

A Qualiflio – Associação Brasileira pela Qualidade dos Fiose Cabos Elétricos, realiza mensalmente uma ação de monitoramento dos fios e cabos comercializados nos principais pontos de venda, a fim de garantir que o consumidor não esteja comprando “gato por lebre”.

Descubra quais são os fabricantes que seguem rigorosamente as normas pré-estabelecidas para a produção de fios e cabos confiáveis, clicando aqui.

Evite RISCOS com acidentes elétricos. Seja RESPONSÁVEL pela sua própria segurança. Utilize somente fios e cabos CONFIÁVEIS.

Siga a Qualifio nas redes sociais: @qualifiobr